Como calcular a nota do vestibular da UFPE

Enquanto não sai o listão dos aprovados no vestibular da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – previsto para ser divulgado em janeiro de 2012 – muitos candidatos calculam suas notas para saber se terão chance de aprovação. Para ajudá-los nessa tarefa, o presidente da Comissão do Vestibular (Covest), Armando Cavalcanti, explica como é feito o cálculo da média final daqueles que se livrarem dos pontos de cortes.

A nota da primeira fase do vestibular da UFPE é o desempenho do estudante no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), aplicado pelo Ministério da Educação (MEC). O exame adota a Teoria de Resposta ao Item (TRI), uma metodologia que permite elaborar provas diferentes com o mesmo nível de dificuldade. O teste apresenta questões fáceis, médias e difíceis.

Como o vestibulando não identifica qual o nível de cada quesito, não dá para calcular as notas no Enem. O jeito é esperar até 4 de janeiro, quando o MEC promete disponibilizar o desempenho individual dos candidatos.

As notas das provas objetivas do Enem variam numa escala de zero a mil. Na UFPE, a nota é de 0 a 10. “Por isso, a primeira conta a fazer é converter as notas na escala de 0 a 10. Basta pegar cada nota da prova objetiva do Enem e dividi-la por cem”, afirma o presidente da Covest. Em seguida, o estudante deve calcular a média aritmética, que resultará na sua nota da primeira etapa. Basta somar as quatro notas (já convertidas) e dividir por quatro.

Para saber o resultado da segunda fase, é preciso antes converter também a nota da redação do Enem. Na UFPE, a redação vale de zero a oito. O fera deve, então, pegar essa nota e multiplicá-la por 0,008 (caso dê menos de 2,5, o candidato será eliminado no ponto de corte). Depois, ao resultado dessa conta soma-se a pontuação das duas questões discursivas (cada uma vale um ponto). Tem-se a nota de português 1, uma das disciplinas da segunda etapa.

Falta calcular as notas das outras três matérias. Cada teste tem 16 questões, portanto, cada quesito vale 0,625 (e cada proposição de verdadeiro ou falso vale 0,125). Veja o gabarito oficial, conte os acertos e anote a nota de cada específica, lembrando que uma proposição marcada errada anula um certa, dentro da mesma questão.

Sobre a nota das provas específicas, o estudante tem que aplicar um peso, de acordo com os grupos (a tabela está disponível na página 10 do manual do candidato). É só multiplicar a nota pelo peso. Concluídos esses cálculos, junte as quatro notas (português 1 e as três específicas), some-as e divida por 10. O resultado é a nota da segunda fase do vestibular.

Por fim, para saber a média final deve-se somar as notas das duas etapas e dividir por dois. Caso o estudante tenha direito ao bônus, acrescenta-se 10% na sua média. Vale ressaltar que o cálculo da nota dos candidatos dos cursos de música e do grupo 9 é diferente.

Fonte: Jornal do Commercio


Uma resposta para “Como calcular a nota do vestibular da UFPE”

  1. Gabriela Machado disse:

    Percebo que normalmente não se fala muito do ponto de corte da MEI de valor baixo, que é quando o candidato não tem as suas questões de Português I corrigidas, e é determinado pela concorrência vigente do curso, como estipulado na página 9, condição d) do item 10.2.1 do manual do candidato. Por que será? Mesmo nessa matéria, o presidente da COVEST falou da média da 1ª fase (ENEM) e da 2ª fase… Cadê a MEI?

    Comento bastante com meus amigos que essa é a minha grande preocupação do momento, já que esse foi meu critério de eliminação no ano passado e é muito raro que as pessoas tenham conhecimento sobre isso. Tirei 950 na redação do ENEM e tinha excelentes chances pra entrar, mas tive uma MEI muito baixa (1,7500) e tomei ponto de corte…

    De acordo com os cálculos, minha MEI esse ano ficou em 3,2083… Tá certo que a média pra entrar em Design está baixa, mas mesmo assim não posso deixar de me preocupar. Fico na expectativa do resultado…

Deixe uma resposta

Busca

setembro 2014
S T Q Q S S D
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

    Calendário do Fera